segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O MITO DA MULHER-ARANHA_XAMANISMO


"A Mulher-Aranha ou Kokyang Wuhti é um ser criativo. Esta entidade sagrada é uma pessoa e muitas ao mesmo tempo. Ela possui todo o conhecimento e está em toda a parte. Pode aparecer como uma jovem, uma velha, ou uma aranha. Pode ser vista ou tornar-se leve como o ar.

É considerada a Mãe de Tudo: "Segundo o mito indígena, o mundo foi criado por ordem do deus-sol. Havia também a Mulher-Aranha, que deu vida ao mundo, criando plantas, animais e finalmente seres humanos da terra e de si mesma." Ela possui poderes divinos e sabedoria ilimitada. Sabe todas as linguagens. Tem acesso profético ao futuro. Kokyang Wuhti é guardiã: ela cuida da proteção e do bem-estar das pessoas necessitadas.

É vista frequentemente como uma velha vigorosa e nunca é representada por ninguém nas cerimônias hopis Por sua associação com a terra, na qual ela vive, ela tem as carcterísticas de uma Deusa da Terra. É velha como tempo, e jovem como a eternidade."



RITUAL DA MULHER ARANHA
"Desenhe no chão um círculo e dentro dele uma teia de aranha. Coloque todos seus instrumentos dentro do círculo. Acrescente velas roxas, uma ametista e essência de violeta. Limpe o círculo, você e o ambiente com uma vassourinha de folhas de mamona e seringueira.
Faça a seguinte Invocação:
"Tecelã das Estrelas,
Seu manto é o Universo.
Esteja comigo, traga-me progresso.
Que eu ande no caminho,
Com a Senhora, não mais sozinho.
Venha a este Círculo hoje.
Compartilhe seu poder,
Ensine-me como eu possa
Melhor minha vida tecer.
SEJA BEM-VINDA!"
Cante então a sílaba "IHU", que significa "O Todo", variando os tons até obter centramento e harmonia. Em seguida, visualize a Aranha Cósmica, tecendo a teia que trouxe a humanidade para Terra. Percorra a grande extensão dessa teia, observando o universo e a ligação intrínseca de todas as coisas. Preste atenção às imagens que surgirem, anote os símbolos e mensagens, para não esquecê-los. Agradeça a Deusa e encerre a visualização. Em agradecimento à Deusa coloque ou plante flores roxas na terra. Celebre seu ritual comendo mel e bebendo água."

( Fonte:  Rosane Volpatto)