segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Carta de Hoje_28 de novembro de 2011

 XIII_ A Morte

Mais uma vez,eis que surge ,a Senhora do Destino.

A Ceifadora ou como gosto de chamá-la ,a  Misericordiosa.

Dançando ou vindo à cavalo,não importa,apesar do temor
despertado pela sua forte presença,o que fica é uma extrema doçura e paz em saber que existe finitude para tudo,inclusive todos os males da alma.

Tudo está prestes a mudar,pois  mais um ciclo chegou ao fim.
Respire, profundo...é como se nascesse  novamente.
Respire a vida!
Num sopro,num movimento,num golpe ligeiro, a foice passa e tudo transforma.

E ela vem para todos,não podemos dizer que não é democrática....Vem
para nos lembrar o que somos,quem somos  e o ritmo do Universo que estamos.
Aprender a bailar com ela é a grande lição do momento, a música já não importa mais.Entregue-se completamente,sem resistência,sem dor.Ela vem para ajudar.

Ela é necessária.
Ela é a Vida que começa pela outra ponta do fio...E se, como uma  Parca ,ela o corta,é apenas para "desembolar",pois fica mais fácil assim.

E assim seguimos,transformados,sem saber direito,o quê ou porquê aconteceu mas com a certeza da mudança, sentida completamente no corpo ,na alma ,na mente.

Observando o mundo novo que está aí na frente,visto agora diferente,percebido.Algo precisava partir,nem que fosse apenas a velha imagem  guardada na retina.Como uma foto antiga que já não é mais realidade,só nos deixa a saudade  e  a certeza da mudança ocorrida.

Um dia de transformações  para todos!!!