quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

A Mão do Poder






A magia lida com os poderes produzidos pelo corpo, 
os quais são utilizados em alguns encantamentos e rituais. 
É uma parte da energia universal que sustenta nossos corpos. 
Parte desse poder é liberada pelo estado emocional atingido
 durante a prática da magia e é enviado juntamente a outras 
energias que tenham sido conjuradas para que sua necessidade
 pudesse se manifestar.


A mão do poder é aquela pela qual tais poderes são liberados.
É a mão com a qual escreve.
Se for ambidestro, e puder utilizar ambas as mãos, escolha uma
 e mantenha sua opção.
Essa mão é utilizada em magia para apresentar, segurar,
 arremessar ou executar qualquer outro gesto de modo ritualístico 
durante um encantamento.

É aconselhável utilizar a mão com a qual escreve quando solicitado
 em rituais específicos, pois essa é uma mão hábil, e é por meio
 dela que as energias são normalmente liberadas. Portanto, 
se desenhou um símbolo representando sua necessidade com 
sua mão de poder, o próprio símbolo estará imbuído com um
 pouco de sua energia.
Esta tem sido a  base da magia.

Costuma-se dizer que a magia foi à primeira religião, e que ao
 utilizarmos amorosamente as forças da Natureza para causar 
mudanças benéficas, integramo-nos a elas.
Essas forças foram personificas como Deuses e Deusas.

Sintonizar-se com eles é uma experiência espiritual e é à base
 de toda religião verdadeira.
As técnicas necessárias para praticar magia natural são
 simples e de fácil aprendizado. Seu desejo de praticar
 determinará quanto você se adaptará a elas. 
Como qualquer outra coisa, a magia normalmente se torna 
mais fácil com a prática.

(by Andréia Herman)