segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Sabbat Lammas (02 de fevereiro)




Conhecido como Lughnasadh, Véspera de Agosto (por causa do hemisfério Norte) e Primeiro Festival da Colheita, o Sabbat Lammas é o Festival da Colheita. Nesse Sabbat (que marca o início da estação da colheita e é dedicado ao pão), os Bruxos agradecem aos deuses pela colheita com várias oferendas às deidades para assegurar a continuação da fertilidade da terra, e honram o aspecto da fertilidade da união sagrada da Deusa e do Deus.

Nesse dia sagrado, eles realizavam rituais de proteção e homenageavam Lugh, o deus celta do sol. Em outras culturas pré-cristãs, Lammas era celebrado como o festival dos grãos e o dia para cultuar a morte do Rei Sagrado.



A confecção de bonecas de milho (pequenas figuras feitas com palha trançada) é um antigo costume pagão realizado por muitos Bruxos modernos como parte do rito do Sabbat Lammas. As bonecas (ou bebês da colheita, como são chamadas algumas vezes) são colocadas no altar do Sabbat para simbolizar a Deusa Mãe da colheita. é costume, em cada Lammas, fazer (ou comprar) uma nova boneca de milho e queimar a anterior (do ano passado) para dar boa sorte.

Os alimentos pagãos tradicionais do Sabbat Lammas são pães caseiros (trigo, aveia e, especialmente, milho), bolos de cevada, nozes, cerejas silvestres, maçãs, arroz, cordeiro assado, tortas de cereja, vinho de sabugueiro, cerveja e chá de olmo.

Incensos: aloé, rosa e sândalo.
Cores das velas: laranja e amarela.
Pedras preciosas sagradas: aventurina, citrino, peridoto e sardônia.
Ervas ritualísticas tradicionais: flores da acácia, aloé, talo de milho, ciclame, feno grego, olíbano, urze, malva-rosa, murta, folhas do carvalho, girassol e trigo.






* Lughnasadh leva esse nome porque era a época em que os antigos povos celtas realizavam jogos em homenagem à Lugh e sua mãe. Os jogos geralmente são simples, de modo que todos possam participar.
Algumas sugestões de jogos de Lammas:
• Corrida com três pernas
• Corrida com ovo na colher
• Corridas de revezamento em equipe
• Braço-de-força (em homenagem ao Deus)
O importante é adaptar os jogos às pessoas que estarão participando das festividades no dia. Use a criatividade!





O RITUAL DE LAMMAS


Material necessário para a realização do Sabbat:


Ramos de trigo
Pães de vários tipos
Cálice com vinho
Velas amarelas
Frutas como melão, bananas e abacaxi
Incenso de sândalo
Caldeirão
Álcool
Papéis com pedidos escritos
bastão


PROCEDIMENTO: 
Coloque o caldeirão ao centro do local onde você vai realizar o 
rito.

 Espalhe as velas por todo o cômodo(com o devido cuidado).
Coloque as frutas, os pães, os ramos de
trigo e algumas velas sobre o altar. Acenda os incensos e lance o Círculo Mágico
de forma usual. Despeje o álcool no interior do caldeirão e acenda-o.


 Então diga:


“Que neste dia sagrado, onde Lugh é homenageado os meus (nossos) anseios e
desejos se realizem”



Pegue o bastão, toque o chão e depois eleve-o aos céus girando no sentido
horário dizendo:


“Que as sementes germinem, que o solo se fortaleça e torne-se fértil. Que a vida 
seja festejada e louvada pelo nome de Lugh, o Deus Sol, o iluminado e

encantado”


Comece à girar o bastão em torno do caldeirão no sentido horário, com o papel
dos pedidos em suas mãos. Mentalize a concretização dos seus objetivos e
acredite que todos os pedidos que foram escritos no papel se realizarão. Se mais 
pessoas estiverem presentes, peça para que façam o mesmo.



Quando sentir que sua consciência encontra-se alterada e que do seu interior
brota um profundo entusiasmo, jogue os papéis com os pedidos no caldeirão,
dizendo:


“Nesse fogo, possam os meus desejos se elevar. O fogo é símbolo da
transmutação e da purificação. Que através de seu poder tudo em minha (nossa) 
vida seja ativado para o meu bem e de todos da Terra!



Olhe profundamente no fogo que arde no caldeirão, mentalizando com
profundidade tudo aquilo que você quer.
Pegue o cálice com o vinho, eleve-a aos céus, dizendo:


“Oh, Poderoso Lugh, que esta libação seja feita em sua homenagem”


Tome um pouco do vinho e derrame-o sobre o chão.
Vá até o Altar, eleve o bastão e toque-o nos pães e frutas. Reparta os pães e
divida entre todos os presentes, se houverem. 




Destrace o Círculo Mágico, agradecendo aos Deuses.
P.S.: os ramos de trigo devem ser oferecidos às pessoas queridas, para que
sirvam de amuleto. Oriente-as a guardá-los na carteira


(fonte:Wicca para todos_Claudiney Prieto)








Esta é uma receita de um pão caseiro,bem simples e fácil de fazer...
Você pode também incrementá-la, acrescentando um pouco de linhaça,aveia
ou mesmo farinha de milho...use a sua  imaginação.



  • Ingredientes
  • 2 copos e 1/2 de água morno
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de sal
  • 1 ovo
  • 1 copo de óleo
  • 1 kg de farinha de trigo
  • 50 g de fermento de padaria
    • Modo de Preparo
    1. Misturar o fermento de padaria na água morna
    2. Levar ao liquidificador: o açúcar, o óleo, o sal, o açúcar, o ovo e a água com o fermento
    3. Bater por alguns minutos
    4. Colocar em uma bacia grande esta mistura e acrescentar o trigo aos poucos, misturando com as mãos (a quantidade de trigo suficiente se dá quando a massa não grudar em suas mãos)
    5. Deixar crescer por 1 hora
    6. Dividir a massa em partes e enrolar os pães
    7. Deixar crescer novamente por 40 minutos
    8. Levar para assar por mais ou menos 30 minutos

Nenhum comentário: