domingo, 15 de abril de 2012

Eu e o Tarot...

Fiz esse pequeno "apanhado",contando um pouco de mim...da minha relação com o Tarot.
Esta sou eu...




"Minha relação de amor com o tarot começou à uns vinte e dois anos atrás...e  sim! É uma relação de amor profundo e incondicional.


A primeira vez que vi as cartas, me apaixonei...e mesmo sem muito  dinheiro,me dei ao luxo
de comprar um  baralho,era um presente para mim,um mimo...em tempos difíceis.
Meu primeiro  foi o Tarot dos Boêmios  de Papus.Uma edição simples,uma caixa marrom
com o Eremita na capa....ainda tenho o baralho.
Acompanhava um livreto  modesto que "devorei"  muito rapidamente e então começou a busca...


Não tinha internet na época....dá para imaginar isso hoje?Mas apesar disso, magicamente ( rs) livros
começaram a cair nas minhas mãos....Fui conhecendo pessoas numa sincronicidade maravilhosa 
do universo que me emprestaram livros sobre tudo o que se possa imaginar....Ocultismo,cabala,
gnose,magia,bruxaria,hermetismo...e por aí vai! Impossível lembrar de tudo que já li...de todos os autores e títulos...Lia e filtrava...


Na época ,tinha pouco tempo para me dedicar aos estudos...Trabalhava em outra profissão,havia mudado
de cidade por conta de um emprego e assim como todo mundo,tinha contas a pagar e projetos em vista...estava noiva e a meta era  juntar dinheiro para comprar coisas necessárias para a minha futura casa.


Mas o tarot já havia ganhado um espaço em mim...
Reservava  sempre um tempo para visitar uma amiga com a qual podia  conversar sobre os arcanos e este mundo maravilhoso...ela estava anos-luz na minha frente (rs) e se divertia com as minhas observações...Sempre surgia algo novo e isso me encantava!Quanta coisa cabia dentro de cada carta...verdadeiros mundos paralelos.


O tempo foi passando,a vida acontecendo e tudo mudando...mas o tarot ,se multiplicando.Em novos livros,novos baralhos...


Fazia leituras para mim,para os amigos,a família....era uma forma de "experimentar",brincava dizendo que eram "cobaias"...rs . Até que algumas leituras foram  chamando muita atenção.
Comecei a reparar que os assuntos estavam ficando cada vez mais sérios e minha intuição falava de uma  forma imperativa...assustei com a responsabilidade  que isso pedia.Fiquei mais reservada,dava desculpas  e não lia o tarot para os outros,afinal,não era essa a minha intenção...Não me via como "taróloga" ou nem almejava ser...


Muitos anos mais tarde,quando tive meu segundo filho, a vida me empurrou a tomar decisões que nunca havia pensado antes....


Ele nasceu e por motivos de saúde necessitava de mim em tempo integral.
Cirurgias,internações....joguei consultório e tudo para o alto.


O tarot  foi também meu companheiro no hospital....um conselheiro.Me ajudou a tomar decisões difíceis e a não enlouquecer .


Quando tudo  voltou a calmaria.,um ano e meio depois ,mais ou menos.... eu não tinha mais emprego e não sabia se queria voltar a trabalhar na mesma área.


E então uma coragem surgiu não sei de onde...e resolvi encarar o tarot profissionalmente.Estava na hora.


Fazia leituras na minha casa,para amigos,conhecidos...nunca fiz nenhum tipo de propaganda que não fosse o "boca-a-boca", a indicação dos próprios clientes.


Até que resolvi me expor mais ... Como as pessoas poderiam conhecer o meu trabalho e saber da seriedade e profundidade do tarot,se  eu não mostrasse isso de alguma forma?


Fui parar numa "Feira de Artesanato" aqui em Belo Horizonte...fazia pequenas leituras por um valor simbólico.Foi assim que comecei a divulgar meu trabalho...com a minha prática.


Foi a melhor escola de todas...




Tenho muitos clientes ainda dessa época...outros viraram amigos  rsrs... aprendi muito  do ser humano e de mim mesma...Participei desta feira  por uns três anos...


Hoje,tenho um espaço na minha casa ,onde faço meu trabalho...É o meu canto,meu lugar  sagrado.
Minhas consultas demoram uma hora e meia ,em média  e gosto de finalizá-las com uma Bênção(a Deeksha) ou a TQC(Cura Quântica).


Atendo pessoas de todas as religiões,profissões,classes...atendo pessoas. 
A linguagem do Tarot é Universal...assim como o verdadeiro Amor é Incondicional...


Vivo o Tarot ...incondicionalmente."


Tenham uma vida abençoada e próspera!
Que assim seja e assim se faça!


Nenhum comentário: