segunda-feira, 7 de outubro de 2013

"Curar o Passado"

Bom dia queridos,
Um  grande amigo me chamou a atenção hoje com essa expressão,e isso ficou na minha cabeça...até que veio a resposta!

"Curar o passado"




Bom ,presumindo que "cura" é uma transformação,não há como curar o passado...só posso transformar o "presente" mas posso sim,aceitar,compreender,entender que o passado ,bom ou ruim,foi do jeito que tinha que ser.
Aceitar  como FATO  o que passou,nos tira da posição de "eterno sofrimento",pois quando não nos conformamos com aquilo já  aconteceu,assumimos a postura de eternas vítimas,nos tornamos prisioneiros do passado.
Pare e pense!
Tem jeito de mudar algo que já aconteceu? Só mesmo nos filmes com aquela máquina do tempo....
Se você quer  ficar "recordando" a dor...ok!Ela estará lá,te esperando,sempre.
Nossa memória é ótima nessas horas...

                             CoL- Schwerter 10
Quando um evento traumático acontece na vida da gente,levamos um tempo imersos naquele sentimento,tentando entender o que aconteceu...normal! O" luto" é um processo onde desapegamos da dor aos pouquinhos.
E a dor vai fazer parte da nossa história,só não precisa ser o "personagem principal"!
Aí é que está a chave para a mudança.

Quando tiramos o foco da dor, deixamos de sofrer.
Repare bem :dor e sofrimento são diferentes.
A dor é brusca,nos arrebata enquanto o sofrimento nos consome aos poucos.
Fazer esta diferença pode ajudar a entender o que acontece conosco.
O que acontece,é que nos julgamos com um terrível rigor...como se não fôssemos humanos,como se não pudéssemos errar,ou não tivéssemos esse direito.
                              CoL- VIII - Gerechtigkeit
Aí,aparece aquela amiga do peito do sofrimento: a" culpa".
Esta então,é pra derrubar qualquer um...

Observe,a culpa  é a própria ignorância.
O sentimento de culpa,sugere que você deveria saber algo que não sabia...que deveria fazer algo que não fez...ou não fazer...
Resumo da ópera: a culpa sugere que você deveria mudar o que já foi!
E aí?? Pura ignorância ,não é? Ou pior,se observarmos atentamente,a culpa é usada como manipulação em vários setores,na religião,principalmente...
Atenção para a diferença:  culpa  X  responsabilidade.
São duas coisas distintas.
Quando afirmo que tenho uma responsabilidade,é algo Consciente.Sei   do que é preciso ser feito,e me preparo para isso ou não mas tenho a opção!Enquanto que a culpa,me diz o que eu deveria saber...sacou?
Fazer estas diferenças,nos trazem uma maior compreensão dos mecanismos que  usamos,e do que realmente precisamos   e queremos.
Se quero a cura,quero transformar,e quero agora.

Cura é a "liberdade de Ser".


                              CoL- XXI - Die Welt

http://www.albideuter.de/html/circle_of_life.html

beijos e bênçãos


Um comentário:

Anônimo disse...

ah, que texto bacana... dá alívio no peito e desenha um sorriso no rosto :-) serve para todo mundo, todo mundo...

abraço!
Luti.


que saibamos nos perdoar e que nã