terça-feira, 2 de maio de 2017

O Sol - Amaterasu


O Sol nasce  e com ele a presença da deusa nipônica Amaterasu.
Representando o arcano XIX no Universal Goddess Tarot,esta deusa
traz a perspectiva de abundância e vida,assim como a clareza e 
consciência,saúde,bem-estar... 
Tudo que o Sol brilhante nos remete.

O Sol ilumina a tudo fazendo-nos perceber o que antes não era possível
na escuridão da noite.

Sua luz que faz germinar e brotar o grão,traz o calor e envolve a terra
com sua generosidade. Os campos se tornam abundantes e fartos.

Os atributos solares de clareza e consciência expõem as sombras
existentes e tudo pode ser visto por todos.
Sabe aquele momento onde tudo fica às claras? isso aí!
Nem sempre é muito animadora a visão...

Aproveite "este" Sol hoje para observar o mundo a sua volta com mais
consciência e clareza mas não se encante demais pelo brilho,
ele também cega.
Este arcano,como todos os outros,nos lembram que o exagero se
torna negativo.
O mesmo Sol que traz a abundância,pode também pode  tornar o campo seco,queimar a pele e os olhos.

Tudo na medida,tudo a seu tempo.

Enxergue o que precisa ver hoje mas não fixe demais o olhar ;-)

beijos e bênçãos




Universal Goddess Tarot

Conheça um pouquinho sobre esta deusa:

"Amaterasu (Amaterasu-ōmikami) também conhecida como Ōhirume-no-muchi-no-kami, “Grande Deusa Augusta que ilumina o céu”, é a Deusa do Sol e do universo reverenciada pela religião Shinto. É a divindade japonesa que vela sobre os homens e os enche de benefícios, responsável por iluminar o mundo e assegurar a fertilidade dos campos de arroz. Na mitologia nipônica, Amaterasu nasceu do olho esquerdo de Izanagi. Principal divindade xintoísta, ela é representada empunhando um disco solar… 

Amaterasu ou Ama, como ela é carinhosamente chamada é membro da realeza divina, a filha da divindade suprema, que dizem ser o criador do mundo no Japão. A deusa, irmã do deus da tempestade “Susanoo”, e o deus da lua “Tsuki-yomi”, vive em Takamagahara (morada de todos os kami), juntos, eles estão no comando dos céus. Sendo uma deusa do sol, Amaterasu ilumina o mundo a cada dia e garante o crescimento exuberante nos campos de arroz. Ela é também considerada uma tecelã muito hábil. 
Afirma-se que os Imperadores japoneses são descendentes direto de Amaterasu. De acordo com os antigos escritos (Kojiki), o neto de Amaterasu, Ninigi-no-Mikoto, teria descido à terra e se tornado o primeiro soberano do Japão. Ainda, segundo o Kojiki, teria sido seu tataraneto, Jimmu Tennô, quem se tornou o primeiro Imperador (660 AC até 585 AC.)."

"Amaterasu vivia em uma gruta, em companhia de suas criadas, que lhes teciam cotidianamente um quimono da cor do tempo. Todos os dias de manhã, ela saía para iluminar a Terra. Até o dia em que seu irmão, Susanoo, (deus do Oceano) em acesso de fúria destruiu campos de arroz (em outra versão descreve a ira de Deus, após uma negociação fracassada para retardar uma disputa entre os três irmãos de Amaterasu). Susanoo, infeliz com o feito, arremessou um cavalo morto celestial sobre os teares das criadas tecelãs. Amedrontadas, elas se estranharam, e uma delas morreu, perfurada por sua própria lançadeira. A deusa Amaterasu não gostou da brincadeira. Irritada, escondeu-se em sua caverna celestial e a luz sumiu para todo o sempre. O mundo congelou e os campos apodreceram. E o pânico foi semeado até no céu, onde ficavam os deuses, que como os Terrestres, também não viam nada. Os deuses temendo a escuridão eterna organizaram uma festa no início da caverna. Eles se reuniram e bolaram um plano. O deus da inteligência, Omoikane, pediu a todos que comparecessem ao redor da caverna e colocassem um espelho apontando para a entrada. Pediram a Uzume, a mais engraçada das deusas, que os distraísse diante da gruta fechada em que Amaterasu estava amuada. Uzume não usou de meios termos: pôs-se a dançar de forma provocante, exibindo suas partes íntimas com caretas irresistíveis. Estava tão divertida que os deuses caíram na gargalhada... Curiosa, Amaterasu não aguentou: entreabriu a pedra que fechava a gruta, e os deuses lhe direcionaram um espelho onde ela viu uma mulher esplêndida. Surpresa, ela se adiantou. Então os deuses agarraram-na e Amaterasu saiu para sempre de sua caverna celestial. O mundo estava salvo."




Nenhum comentário: